A música e o tempo

Quem é músico, sabe : aprender a tocar um instrumento  é um processo de autoconhecimento que demanda  tempo e dedicação.

Quando o público escuta  uma música de 4 minutos de duração, muitas vezes não tem ideia no tempo gasto pelo artista  para condensar em tão pouco tempo várias horas de estudos.

Trabalhar com música é trabalhar com o tempo. Usamos o metrônomo, aparelho que  mede o tempo da música em batidas por minuto para nortear os músicos sobre  a  regularidade temporal. Exemplo : se a música tem 60 BPMs, significa que o metrônomo mede uma batida a cada segundo . Se a música tem 120 BPMs , siginifica que o metrônomo mede 2 batidas a cada segundo. Isso ilustra, a grosso modo, a ligação do músico com o tempo.

O tempo nos diz quantas notas podemos executar em determinado compasso para que o arranjo tenha dinâmica, etc. Logicamente , a grande sacada  é  saber quantas  e quais notas fazem o som ficar mais bonito em determinados momentos da música. A dosagem entre tempo e bom gosto é algo essencial. Tudo depende da sonoridade que se busca dentro de um determinado estilo, pensando sempre em transmitir emoção para o público. Não é  uma tarefa fácil. Emocionar as pessaos  usando notas musicais  é algo mágico , que depende de vários fatores, inclusive, muitas horas de prática. Olha o tempo aí de novo !

Quando vou estudar música , ligo o despertador para acordar-me após minha viagem no tempo.Entro em uma bolha temporal  na qual esqueço o tempo ao redor e entro em um mundo no qual só há  eu, o metrônomo  e a guitarra. O interessante  é que, durante o processo de estudo , tudo é definido pela música, como se eu estivesse em outro mundo, outra dimensão, é algo  meditativo. Essa meditação musical reorganiza minha cabeça e alimenta minha alma. Parece que seres que habitam essa dimensão sonora estão ao meu lado, sussurrando  em meus ouvidos  ou, estranhamente, conduzindo minha mão pelo braço do instrumento. É como se eu estivesse em um lugar  onde a única lei existente é a lei da música. Esse mundo é governado por 3 princípios  : harmonia ,melodia e ritmo.

Não é à toa que há muitas músicas que falam sobre o tempo sob várias óticas. Vivemos cercados pelo cronômetro e , mesmo insconscientemente, calculamos o tempo o tempo todo em que estamos fazendo música . Fui redundante ?

Texto escrito por Oswaldo Marques

Facebook:  https://www.facebook.com/oswaldo5150/

site : https://questionassom.com/

Instagram : @oswaldoguitar

Publicado por Oswaldo Marques

Moro em Belo Horizonte, MG , sou um músico que curte trocar idéias e questionar sobre tudo que acontece no mundo da música.

4 comentários em “A música e o tempo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: