A importância de John Mayer para o Blues, o Pop e para a indústria da música com um todo

Influenciado por David Mathews em sua forma de cantar e por Jimmy Hendrix e Stevie Ray Vaughan em sua forma de tocar guitarra, John Mayer é o único cantor/compositor que figura  nas  paradas  Top 40 gringas empunhando uma guitarra. Desde o surgimento de Lenny Kravitz , que mistura Soul , Funk Americano e Rock (muito influenciado por Prince ), não vimos um protagonista tangendo as seis  cordas de forma tão representativa. Isto é muito importante para a cultura da guitarra , pois , hoje em dia , as lojas e grandes fabricantes (como a Gibson, recentemente) reclamam de queda vertiginosa na venda de guitarras e acessórios para  as mesmas. Sabemos que a maioria das guitarras vendidas ao redor do mundo é de modelos para iniciantes e o fato de existir alguém carismático como John Mayer no mainstream faz com que adolescentes queiram aprender guitarra e aquecer o mercado deste instrumento.

John grava suas músicas no formato radiofônico (músicas de até quatro minutos de duração, estratégia usada pelas rádios para manter a programação mais dinâmica) , mas em seus shows ele deixa correrem livres solos e improvisações de sua banda, resgatando a tradição do Blues. O público adora esta verdadeira celebração da boa música em seus shows.

John Mayer é um hitmaker de mão cheia. Só para citar um exemplo, “Gravity”, um de seus maiores  sucessos , foi usada por astronautas americanos como música para despertar em 2007 enquanto estavam em uma missão. A música é um Blues que nasceu enquanto Mayer tomava banho e pensava sobre a vida.

O atual mercado fonográfico está dominado por artistas que usam recursos eletrônicos em suas músicas, deixando instrumentos orgânicos como guitarras , baixo e até bateria em segundo plano. No Brasil , por exemplo, o Rock teve seu ciclo máximo na década de 80, quando as bandas frequentavam a grande mídia televisiva e tocavam nas rádios. Com o advento da Computer Music e da Internet, tudo mudou. Hoje, as pessoas não precisam saber tocar um instrumento músical pra compor música(não quero  discutir aqui a questão qualitativa da música  feita hoje, atenho-me aquí ao aspecto mercadológico).

Atualmente,muitos brasileiros reclamam da falta de música feita organicamente como Rock , Blues e outros gêneros na grande mídia. Isso é um fenômeno mundial.Nós músicos  preocupamo-nos com os rumos que a indústria da música está tomando pois isso reflete diretamente em nosso cotidiano profissional. Quanto mais artistas  como John Mayer aparecerem , mais instrumentos musicais são vendidos e mais pessoas matriculam-se nas  escolas de música e cursos online para a prender a tocar um instrumento.

Publicado por Oswaldo Marques

Moro em Belo Horizonte, MG , sou um músico que curte trocar idéias e questionar sobre tudo que acontece no mundo da música.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: