A Necessária Renovação da Guitarra no Rock

Em uma recente entrevista dada ao periódico The Dallas Morning News em 23 de setembro, Pete Townshend afirmou: “o Rock and Roll baseado em guitarra está perdendo espaço , não o Rock and Roll em sí . Hip Hop é Rock  para os meus ouvidos.” Ele ainda disse que os jovens guitarristas virtuosos que encontramos no Youtube e no Instagram são a prova de que as possibilidades da guitarra estão esgotando. Escutar tais afirmações de um guitarrista ícone do Rock é algo preocupante. Pete está desde os anos 60 encantando o mundo com sua guitarra cheia de atitude. Dizer que o Rock com guitarras vai desparecer é algo no mínimo estranho para alguém que continua compondo, ganhando uma fábula de dinheiro e dando shows empunhando o instrumento.Com todo respeito a Pete, dissertarei em defesa do Rock com guitarras e da genial garotada guitarrista que está surgindo cheia de “sangue nos olhos” e alegria no coração.

O fato de jovens guitarristas como Plini,Arielle ,Alyona Vargasova, entre outros, estarem surgindo, siginifica uma necessária e bem-vinda renovação no meio guitarrístico. A moçada tem criado novidades incríveis que estão dando um fólego para a indústria do instrumento. É notável o aparecimento de garotas tangendo delicadamente as seis cordas e incentivando as fãs a aprenderem a tocar guitarra. Já lí várias matérias falando que as mulheres estão salvando a guitarra. Espero que sim, pois ver garotas tocando e  formando bandas é algo fantástico.Uma pesquisa recente mostra que 45% das  guitarras  vendidas atualmente é para  iniciantes e que a metade delas  destina-se a consumidores do sexo feminino. Uma breve busca no Youtube resulta  em vários  vídeos de garotas esbanjando charme e técnica  apurada. Elas não estão de brincadeira, estão desenvolvendo novas  técnicas e mostrando a outras  garotas a beleza e o sexy appeal de empunhar o instrumento.Sabemos que o Rap e a cultura Hip Hop em geral dominam o mainstream atual. Isso é normal, faz parte da dinâmica cíclica do show business. Os jovens guitarristas, por outro lado, fazem parte de um importante nicho de mercado que deve ser alimentado para que não pare de crescer. É importante que haja renovação para manter a indústria da guitarra viva. A guitarra é o símbolo do Rock que transforma a rebeldia adolescente em música.Nada mais alentador do que ver a renovação surgir nas redes sociais como Youtube, Facebook e Instagram. Espero que esta nova safra de guitarristas se multiplique geometricamente no universo teen. Esta é uma tendência que dá gosto de ver crescendo :a garotada desenvolvendo  novas  formas de tirar som de uma guitarra. Muitos heróis da guitarra estão falecendo ou se aposentando, portanto, esta renovação é muito bem-vinda para que a cultura da guitarra  continue viva.

O universo da guitarra é amplo e mágico. Essa magia não pode se perder, pois ela alimenta as escolas, as lojas de instrumento , os fabricantes e todos envolvidos em sua cadeia produtiva.

Publicado por Oswaldo Marques

Moro em Belo Horizonte, MG , sou um músico que curte trocar idéias e questionar sobre tudo que acontece no mundo da música.

8 comentários em “A Necessária Renovação da Guitarra no Rock

    1. Fabio Ottolini, entendo quando vc diz q o virtuosismo encheu o saco. Os “velocistas sem alma” q aparecerem nos anos 80 realmente saturaram.
      Porém , hoje, está surgindo uma nova geração q une bom gosto e técnica. Um bom exemplo é o Mateus Asato, q possui técnica impecável e um conhecimenro profundo de harmonia e melodia .

      Curtir

  1. Penso que a renovação é sempre necessária. Evolução se faz na observação de aspectos que já estão saturados ou obsoletos e arriscar-se em novas estruturas sonoras. Sempré há o que melhorar!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Li a um tempo atrás, que a guitarra ou o violão era a “música em forma de mulher” (Vinicius de Moraes) … longe de mim um pensamento feminista, mas se esse instrumento tão eletrizante está sendo renovado e caindo nas graças femininas… Viva!!!
    Tiago Della Vega que me perdoe o comentário leigo, mas de ouvido apurado, velocidade nem sempre é qualidade…. se é pra disputar, que seja uma boa composição.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Li a um tempo atrás, que a guitarra ou o violão era a “música em forma de mulher” (Vinicius de Moraes) … longe de mim um pensamento feminista, mas se esse instrumento tão eletrizante está sendo renovado e caindo nas graças femininas… Viva!!!
    Tiago Della Vega que me perdoe o comentário leigo, mas de ouvido apurado, velocidade nem sempre é qualidade…. se é pra disputar, que seja uma boa composição.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: